Saúde

Equipe da UBS (sede) Juntamente com agentes de saúde realiza palestra sobre Hanseníase.

 

 


A equipe da UBS (unidade Básica de Saúde) em parceria com os agentes de saúde ACSs, preocupados em orientar e prevenir a sociedade aguadocense, realizou na manhã de hoje 24 de janeiro uma palestra educativa sobre Hanseníase, para dezenas de pessoas. A palestra foi realizada pela enfermeira Joyce Albuquerque e Agentes Comunitários de saúde da Sede. Cujo objetivo é orientar aos presentes, sobre a doença, os sintomas, cuidados e tratamento para que, dessa forma, possam transmitir as informações à população e orienta-la.


Para a secretária municipal da saúde, Thaline Dias, embora estatísticas recentes publicadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) apontem que a hanseníase vem declinando no mundo, no Brasil a doença ainda se constitui um problema de saúde pública, sendo que o no Maranhão nos últimos dois anos mais de 3200 casos de hanseníase, Destes 320 (9,7%) foram em menores de 15 anos. Baseado nestas estatísticas, a secretaria municipal de saúde e está empenhada, em orientar a população sobre os sintomas, quando detectados os pacientes possam procurar tratamento para a doença.


Para a enfermeira Joyce Albuquerque UBS (Unidade Básica de Saúde) da sede, esta orientação serve como medida de prevenção da doença. A HANCENIAZE é temida entre as velhas doenças do mundo, é definida como uma doença infecciosa, crônica, cujo agente etiológico é o Mycobacterium leprae (M. leprae) e que afeta o sistema nervoso periférico, a pele e alguns outros tecidos “Um caso de hanseníase é definido como “uma pessoa que apresenta uma ou mais de uma das seguintes características: - lesão (ões) de pele com alteração da sensibilidade; - acometimento de nervo(s) com espessamento neural. Concluiu Enfermeira Joyce Albuquerque.

A palestra contou com a presença da Enfermeira Joyce Albuquerque, ACSs, equipe e direção da UBS da sede

 

Mais em Saúde


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!